O futuro da UFFEC

Planejamento de futuro


Várias opções estão sendo elencadas pela atual Administração para a (re) construção, desde já, da UFFEC que queremos, tendo por alicerce uma história de quase 60 anos.

Entre as possibilidades estão a reforma e a ampliação da sede social de Fortaleza, aproveitando-se tudo o que tem a presente construção, e ainda promovendo-se novas intervenções.

Outra, motivo já de apresentação de grupos empreendedores do Estado no ramo imobiliário, é o compartilhamento do espaço físico da Sede de Fortaleza para empreendimentos factíveis, capazes de dar retorno à entidade e a seus associados, sem que esse patrimônio (sede) saia das mãos de seus legítimos proprietários. E assim a UFFEC poder dar novos saltos de qualidade ao atendimento aos associados no que houver de melhor.

Sobretudo, utilizar-se do potencial da Associação, “tesouro” encravado em área nobilíssima da cidade (Meireles), para fazer caixa e direcioná-lo à entidade considerada “patrimônio dos fazendários cearense” – a CAFAZ, que cuida da vida como valor maior. A Caixa, mais que nunca, precisa de recursos extra para manter a sua excelência na prestação de serviços a todos os seus usuários, CAFAZ que foi criada dentro da Uffec, há mais de 25 anos.

O alcance das metas esquadrinhadas para a UFFEC Que Queremos vai carecer de muito diálogo, paciência, contatos, estudos, prospecções. Se sozinha não dispõe de recursos financeiros para tão vultosas e urgentes (e necessárias) empreitadas, a UFFEC buscará aliados. Que parceiros reconhecidamente sérios venham. Algumas sugestões já foram ventiladas.

Estamos nos movimentando para por em prática a ampliação, a melhoria ou outro proveito das nossas instalações, pelo acolhimento ideal, por uma UFFEC que brilhe e tenha vida longa. Mais que isso, que possa ajudar as entidades fazendárias em caso de necessidade, especialmente a CAFAZ, que cuida de saúde – e a saúde dos fazendários começou aqui.